Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Você tem tempo pra quê?

por Paulo Guilherme Michopullos Baldini - Docente do Senac Informática

Uma das principais reclamações das pessoas hoje em dia é que elas não têm mais tempo para nada, que o dia deveria ter mais de 24 horas e elas não conseguem fazer nada... Isso, por incrível que pareça, é mais comum do que se imagina e acontece, principalmente, com pessoas que não organizam o seu tempo.

O dia oferece as mesmas 24 horas para todo mundo, em todos os cantos do Planeta Terra. Então, por que alguns conseguem cumprir com suas tarefas tanto no trabalho quanto em casa e outros não? Você nunca se fez essa pergunta clássica: “Fulano trabalha fora, cuida da casa, dos filhos, do cachorro, faz academia, faz compras, vai ao salão de beleza ou à barbearia e ainda têm tempo de um futebol com os amigos, uma corrida no fim de tarde ou um shopping com as amigas... Como essa pessoa consegue fazer tudo isso? Deve ter clones espalhados por aí...”

A resposta é simples: elas administram o seu tempo de forma sistemática e definem dentre as suas atividades rotineiras quais são importantes e quais são urgentes. O problema é que para nós, hoje em dia, tudo é urgente. Vivemos a cultura do imediatismo. Mas se você quer ter a mesma qualidade do “Fulano”, há de se ter disciplina e principalmente consciência do que é efetivamente importante e do que é urgente.

Então? Como fazer? Estabeleça objetivos. Esse é o primeiro passo. Fazendo isso, fica mais fácil traçar estratégias para se alcançar esse objetivo economizando o seu tempo. Coloque-os em um papel, escreva. Torne-o visual. Você precisa vê-lo escrito para entender que é um desejo seu que você quer tornar real. Depois disso, separe seus objetivos em importantes e urgentes. Os importantes são aqueles necessários, essenciais àquela tarefa. Os urgentes são os que precisam ser atendidos não exatamente naquele momento, mas que não podem ser adiados ou deixar de serem cumpridos.

Segundo, e mais importante: não queira abraçar o mundo. Se você sabe que não vai conseguir agregar mais uma tarefa ao seu dia, não assuma compromissos. Aprenda a dizer não. Se você está em um cargo de liderança, delegue funções a seus subordinados. Dizer não e delegar tarefas não vão soar como omissão ou incompetência perante seus gestores, mas sim como uma das mais valorizadas características de um líder: identificar talentos dentro da equipe e delegar tarefas adequadas a esses. Mas como eu disse antes, temos a tendência em tornar tudo urgente.

Use de bom senso nas suas tarefas classificadas como urgentes. Determine “graus de urgência” entre elas. Por exemplo, se você tem até o final do dia para enviar um relatório de vendas do dia anterior para a gerência da sua Empresa, porque sair em “debandada” para finalizar o relatório? Você tem até o final do dia para enviá-lo. Então, quando entender apropriado, faça-o.

Intercale as tarefas importantes com as urgentes, deixando sempre que possíveis “lacunas” no seu dia, prevendo os imprevistos, ou seja, as coisas que acontecem fora da esfera do importante e do urgente e fazem parte do nosso cotidiano; como por exemplo, um pneu que furou. Percebe como é simples? Se você não conseguir cumprir o seu planejamento naquele dia, não entre em pânico. Apenas transforme essas tarefas em importantes para o dia seguinte. Ao final do dia, faça um check-list do que você cumpriu e do que ficou pendente. Cumpra-as no dia seguinte. Adote uma agenda como parceira fiel. Apesar de um recurso bastante antigo é extremamente útil para quem pretende “botar ordem” na sua rotina. E não esqueça: a palavra de ordem para quem quer ter “mais tempo” é DISCIPLINA. Com foco e dedicação, você também chega lá!

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato