Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Slow Food por um alimento bom, limpo e justo

por Carin Fernanda Fabrim - Docente do Senac Caxias do Sul

Slow Food é uma associação sem fins lucrativos criada como resposta aos efeitos do fast food, ao ritmo frenético da vida atual, ao desaparecimento das tradições culinárias regionais, ao decrescente interesse das pessoas na sua alimentação, na procedência e no sabor dos alimentos e como a forma da escolha alimentar pode afetar o mundo.

Seguindo o conceito de ecogastronomia, o movimento Slow Food representa a união entre a ética e o prazer da alimentação, bem como favorece a sensibilidade do gosto e a luta pela preservação e uso sustentável da biodiversidade. Encontra-se voltado para a preservação não somente da satisfação na degustação dos alimentos, mas também no processo de preparação e transformação dos alimentos e o seu cultivo de forma ecologicamente correta, dando preferência aos produtos orgânicos.

Além disso, o Slow Food apoia um novo modelo de agricultura que é menos intensivo, mais saudável e sustentável. A base para essa agricultura está no conhecimento das comunidades locais. Procurando manter a relação entre comida e cultura. O movimento Slow Food criou eventos chamados de Convivium (Palavra Latina que significa uma festa, entretenimento, um banquete, conviver), que celebra a cultura local através da gastronomia. Desta forma, procura transmitir e preservar as tradições culturais de uma determinada região, valorizando não só o conhecimento e cultura popular local, mas também como forma capaz de oferecer diferentes maneiras de desenvolvimento econômico para localidades pobres do planeta.

A filosofia do Slow Food é: bom, limpo e justo. É como o movimento acredita que deve ser o alimento. O alimento que comemos deve ter bom sabor; deve ser cultivado de maneira limpa, sem prejudicar nossa saúde, o meio ambiente ou os animais; e os produtores devem receber o que é justo pelo seu trabalho.

O Slow Food no Rio Grande do Sul, tem como atividade o Convivium Primeira Colônia Italiana - Slow Food, que articula relações com os produtores, promove campanhas para proteger alimentos tradicionais e locais e organiza degustações e palestras, encorajando os chefs a utilizar alimentos regionais como expressão cultural. O grupo também leva às escolas a educação do gosto para crianças e jovens, para que cultivem o prazer de saborear alimentos que respeitam o meio ambiente e saibam como os produtos são feitos desde a origem. Filiado ao Slow Food Brasil, o Convivium Primeira Colônia Italiana representa os municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Carlos Barbosa.

Referências:

www.slowfoodbrasil.com

www.facebook.com/slowfoodprimeiracolonia

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato