Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Recursos Humanos: Por que investir num curso técnico?

por Daiane Lotes - Docente do Senac Bento Gonçalves

Estudiosos afirmam que para sermos bons profissionais devemos estar emocionalmente bem resolvidos em nossa vida profissional, mas muitas vezes isso não é possível. Moramos e vivemos em um século onde tudo é correria, as pessoas não têm mais tempo para nada, cada vez mais trabalho, acabam deixando de lado muitas coisas que eram importantes antes para, pelo menos, tentar viver uma vida segura e estável. Mas até onde essa estabilidade alcança? Até quando perceberemos que só trabalhar não vale, que o que temos que fazer é viver?

O que é mais importante para você? Qual é a sua prioridade? Qual decisão tomar? Em primeiro lugar a família, o estudo, ou o dinheiro? Satisfação? Reconhecimento? Segurança e estabilidade? Será que temos respostas para todas essas perguntas? O que mais aprendemos é a nos adaptar e nos moldar para todas as mudanças que ocorrem a cada dia, a cada inovação. Ficar parado no tempo não nos faz seres humanos competitivos, mas sim seres humanos acomodados.

Cada vez mais, as empresas de grande, pequeno e médio porte procuram uma estabilidade em suas funções com relação a mão de obra humana, que hoje em dia são muito importantes para o bom funcionamento e crescimento de suas organizações. Quando se percebe tais profissionais qualificados, muitas organizações tendem a fazer programas para mantê-los satisfeitos com o trabalho que executam. Além disso, programas de crescimento e melhoria podem ajudar nas questões de motivação. Incentivar colaboradores significa maior produtividade e mais qualidade no produto final. Por este motivo, investir em um curso técnico responde a todas as perguntas que insistem em tirar nosso sono. O curso técnico proporciona ao aluno uma inserção no mercado de trabalho mais objetiva e clara, pois o método utilizado vai direto ao ponto, ou seja, as disciplinas estudadas são específicas sobre o assunto.

Esse tipo de qualificação habilita o profissional a atuar como Analista de RH, auxiliando na análise de todos os processos do setor, desde a gestão até a folha de pagamento. Ser analista é ter autonomia para criar, aplicar e decidir sobre as atividades da área. As pessoas precisam de novos desafios, planejar metas e objetivos que se diferenciem dos trabalhos rotineiros. Normalmente, o que se encontra nas organizações são colaboradores que trabalham há muitos anos, fazendo sempre as mesmas atividades. Isto precisa mudar, precisamos inovar. Fazer um planejamento de treinamento e de qualificação do colaborador pode ser uma boa alternativa. Elaborar atividades para que ele se sinta cada vez mais parte do grupo, trabalhar a motivação das pessoas, incentivar para o comprometimento e a qualidade das atividades, olhar para os direitos e deveres dos colaboradores são processos cruciais e cada vez mais importantes para as empresas de hoje.

Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade para melhorar sua experiência em nossos sites e personalizar a entrega de conteúdo do seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições.