Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Moda consciente e pandemia

por Orson Candido Benedetto - Coordenador e docente da área de moda do Senac Novo Hamburgo

O isolamento social imposto pela pandemia e o tempo em casa está fazendo com que muitas pessoas percebam que a quantidade de roupas que possuem é exagerada e que, talvez, não seja necessário consumir quantidade tão grande de peças do vestuário para compor seu guarda-roupa já que estamos buscando conforto e praticidade em roupas para ficar em casa e até para trabalhar. Assim, o que se veste acaba passando por uma curadoria e vemos um movimento de pessoas repensando a quantidade e qualidade de peças que possui.

Dentro desse movimento, muitas pessoas acabam conhecendo brechós e perdendo o preconceito inicial que tinham com essa forma de comércio de roupas. As peças passam a ter uma nova chance e, também, uma nova história. Ser consciente na moda passa a ser também uma forma de equilibrar as contas, pois com muitas pessoas tendo suas rendas reduzidas, vender suas roupas ou comprar peças de segunda mão passa a ser uma forma de economizar e gerar renda.

Porém, a moda consciente, a demanda por roupas mais confortáveis e customizadas, inclusive, a necessidade do uso de máscaras está gerando um importante movimento nas pequenas confecções e costureiras, fomentando a economia local e impulsionando um ciclo virtuoso no qual todos se ajudam.

A moda acaba sempre tendo grande impacto em diversas situações e mostra que pode ser de muita ajuda na recuperação da economia, na geração de renda e transformando a vida das pessoas.

Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade para melhorar sua experiência em nossos sites e personalizar a entrega de conteúdo do seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições.