Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Páscoa além do chocolate: uma breve reflexão

por Rubiel Cardoso de Souza

Vamos ser sinceros? Chocolate é tudo de bom! Com a devida vênia, ainda não conheci ninguém que falasse o contrário. Pode-se até não ser um chocólatra, porém, aqueles que já degustaram um naco de chocolate entendem bem o que eu falo. Até aí, sem novidades... não almejo complicações... 

Sobretudo no Ocidente, a semana que traz a tônica da Páscoa lota mercados e comércio com uma variedade imensa de ovos e de bombons de chocolate que enfeitam e até congestionam certos recintos comerciais. Nada contra isso. Mas, na real, qual é a mensagem da Páscoa? 

Para o povo judeu, a Páscoa (Pesach) é uma comemoração judaica que fala da libertação do povo hebreu (judeu) que estava cativo no Egito. Até hoje, as comunidades judaicas comemoram-na em seus rituais e liturgias. Com o advento do cristianismo, já num cenário judaico-cristão, a Páscoa ressurge com uma nova ressignificação. Em alguns segmentos religiosos, denominam-na Eucaristia, em outros, Ceia ou Santa Ceia, referindo-se à ressurreição de Cristo.

    Exposto esses elementos Históricos, mesmo que de maneira sucinta, vale se pensar no verdadeiro espírito e a lição que essa data comemorativa nos pretende passar. A Páscoa menciona a libertação diante da opressão, aponta esperança diante do caos, fala ainda da fraternidade, do amor, da reflexão sobre a vida.

    Enquanto humanidade, não vivemos os melhores dias, falando com franqueza, o mundo encontra-se diante de muitas agruras, que ainda não foram superadas, crise econômica, por exemplo, pandemia, e outras que se tornam impossíveis de serem catalogadas.   

Mas, afinal, existe alguma esperança? Claro que há! 

Se uma das definições etimológicas possíveis para o termo hebraico “Pesach”, tradução de Páscoa em português, que significa passar de longe, ou ao largo, vamos além dessa etimologia. Permitam-me dar um exemplo, e darei: é necessário, nessa hora, não focarmos em tudo aquilo que nos assombra e nos abate. É preciso olhar para o que nos traz esperança e vida! Pode parecer ingênuo. Mas a Páscoa ocasiona uma mensagem de superação, de vida. Portanto, mesmo que chocolates sejam maravilhosos ao paladar (e ninguém nega isso), esperança, libertação e comunhão ainda são fatores que constituem a estrutura da psiquê humana, contudo sei que isso pode parecer utópico.

Ovos e bombons serão saboreados, sem dúvida e com muita satisfação, porque é muito bom! Todavia, o espírito da Páscoa revela um paladar que nem todos têm o prazer de degustar.

Com isso, amigos, uma feliz Páscoa e um excelente Pesach!

 

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018