Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Só falar alto, em bom tom e em português!

por Docente de Idiomas do Senac Caxias do Sul - Michele da Costa

E quem não gosta de viajar? Conhecer lugares novos, deliciar-se com novas comidas e bebidas, aventurar-se por pequenas ruas e descobrir locais e paisagens que tiram o fôlego. Uma das principais coisas quando se viaja para o exterior é ouvir, em muitos casos, uma grande diversidade de línguas faladas nas ruas, principalmente em grandes centros urbanos como Nova Iorque, Los Angeles, Londres. Por estar em outro país, muitas vezes a pessoa engana-se pensando: “Ninguém vai me entender mesmo… posso falar o que quiser!” E é assim que podemos aprender que nem sempre isso se aplica…  

 

Pois então, vamos chamar a nossa protagonista de Carla, que Carla, recém chegada do Brasil, estava trabalhando em num restaurante de fast-food conhecido por servir frango frito em diversas porções. O movimento do horário de almoço já havia passado, assim Carla estava sozinha atrás do balcão quando dois brasileiros entraram e começaram a analisar as opções do menu que ficava acima. Depois de algum tempo eles decidiram e resolveram então olhar para frente e ver quem estava atendendo, ao verem Carla ali sozinha fizeram o seguinte comentário: “Nem pra ter um gostoso pra fazer nosso pedido… Só tem essa aí!” Mas enfim, eles fizeram o pedido, Carla virou-se para pegar os frangos, e batatas-fritas e copos de refrigerante, mas antes de entregar a bandeja ela olhou eles nos olhos e disse em português: “Bom apetite”. Desde então ela nunca mais viu duas pessoas trocarem de cor tão rápido na vida.  

 

Sônia estava bem feliz passeando por uma movimentada rua da capital inglesa junto com sua amiga Juliana. Elas resolveram tirar a tarde para fazer compras, tomar café, passear… Elas estavam esperando para atravessar a rua quando um ciclista parou ali perto também e ele chamou a atenção de Sônia e Juliana que fizeram o seguinte comentário: “Esse levo pra casa!” E então o ciclista olha pra elas e diz: “Muito obrigado.” OOPS! Pelo menos o ciclista não ficou ofendido e levou tudo numa boa, mas vale lembrar que assédio nas ruas, mesmo que verbal, pode causar problemas e fazer com que a vítima sinta-se constrangida ou assustada.  

  

Sempre pense bem antes de fazer comentários ao explorar o mundo… nunca se sabe quem vai escutar.  

  

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade para melhorar sua experiência em nossos sites e personalizar a entrega de conteúdo do seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições.