Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Excel e Word. Qual sua importância?

por Juliano Vinicius Knevitz - Professor de Informática do Senac Taquara

Hoje podemos afirmar que a bagagem cultural da educação escolar brasileira não é o suficiente para suprir necessidades de competências essenciais em muitos postos de trabalho. Sabemos que o mundo fora da escola, principalmente após o Ensino Médio, é concorrido e a remuneração dos profissionais iniciantes é menor. Então, por que saber usar a ferramenta Excel e Word é importante e porque faz tanta diferença?

Para entender o porquê devemos primeiro ver a funcionalidade dos programas. O Word trabalha a produção textual, ou seja, qualquer documento oficial e não oficial pode ser produzido. Como exemplo, temos alvarás, certificados, atas, atestados, apostilas, contratos em geral, declarações, decretos, portarias, deliberação, relatórios, requerimentos, etc. Todos estes documentos oficiais são redigidos e devidamente formatados no Word por praticamente todas as empresas existentes do mercado de trabalho.

Alguém precisa fazer estes documentos, certo?

Toda empresa, seja pequena, média ou de grande porte, tem funcionários dedicados à leitura e digitação destes documentos. Talvez seja o próprio empreendedor/dono da empresa que os faça, além de uma gigantesca gama de profissionais de setores específicos como advogados, escritores, roteiristas, empresários, administradores, gerentes, representantes comerciais, professores, atendentes, médicos, secretárias, engenheiros, cientistas, enfim, todos eles precisam produzir material de leitura no Word.

O Ensino Médio é considerado o melhor período para se aprender a usar a ferramenta, ou até mesmo antes, do sétimo ao nono ano, pois as próprias escolas solicitam trabalhos digitados com o objetivo de incentivar o aluno conhecer formas de produção textual para trabalhos de pesquisa.

Já nosso outro amigo, o Excel, tende a afugentar algumas pessoas devido ao seu nível de interação e usabilidade mais elevada que a do Word. Sua complexidade mal compreendida por algumas pessoas o torna um programa que poucos procuram, porém faz toda diferença na entrevista de emprego, ou até mesmo dentro de uma função onde você pode se destacar apenas por saber usar tal ferramenta.

O Excel trabalha muito mais a parte lógica do profissional do que de fato a matemática. Ele serve para produzir planilhas eletrônicas, e nos casos mais complexos planilhas de gestão programadas. Em um país onde as notas do Ensino Médio e Fundamental estão estagnadas perante o resto do mundo, é natural que os jovens, às vezes, por não terem total conhecimento do básico de matemática, sofram um pouco no entendimento deste programa. Sempre ao iniciar uma aula de Excel, é preciso resgatar pontos chaves da matemática escolar básica para que haja uma calibragem cognitiva entre os alunos, podendo assim explicar o que é raciocínio lógico e o que é de fato matemática. Só depois, é possível entrar e mostrar as funcionalidades do software.

Tal ferramenta é usada por praticamente todos aqueles que de alguma forma administram ou gerenciam alguma coisa, seja na produção, ou execução de uma tarefa complexa, gestão de tempo, etc. Um administrador, gerente, contador, auxiliar administrativo, secretária, consultor de vendas, analistas em geral, são ótimos exemplos de profissionais que não podem fazer suas funções sem passar pelo Excel.

Quando a Microsoft lançou estes dois programas no pacote Office em 1987, ela já tinha em mente que a necessidade de usá-los só aumentaria com o tempo e hoje os dois se tornaram praticamente conhecimentos obrigatórios para qualquer profissional ou estudante em qualquer setor ou posto e trabalho que envolva o mínimo de computação. Sua procura por cursos relacionados ao pacote office aumenta a cada ano e no Senac não é diferente. Por ano, cerca de 18 a 20 turmas são formadas nestas competências na cidade de Taquara, região do Vale do Paranhana. Cada turma com durações de dois a quatro meses, dependendo de suas cargas horárias.

Prepare-se! Seja protagonista em seu trabalho, tanto no primeiro emprego quanto nos novos caminhos e desafios que você se propor a trilhar. Essas ferramentas formam uma parte importante da base de um bom profissional e são requisitos de avaliação decisivos. Então, “bora aprender”!

Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018