Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Construindo uma trajetória profissional

por Leticia Martins Scott Hood dos Santos

Diariamente, diversas pessoas tentam (re)colocar-se no mercado de trabalho e acabam vivenciando a frustação de não conseguir tal feito. Nada inesperado, se analisarmos a situação pandêmica instaurada em nosso País e no mundo atualmente, pois nesse momento, o mundo coorporativo tem sido diretamente afetado com incertezas e, consequentemente, gerando um significativo aumento de desemprego, recessão e instabilidade econômica, logo, o público jovem acaba sendo prejudicado com tudo isso.

Mas se formos mais afundo, não é somente nesse momento de crise que evidenciamos a dificuldade que os jovens possuem em se colocar no mercado de trabalho e começar a trilhar o tão desejado caminho do sucesso profissional. A décadas, pode-se observar que uma gama de jovens, não tem se quer noção de como iniciar a trilhar seu caminho profissional e o que de fato é necessário para se destacar nesse meio tão competitivo.

A cada dia, as empresas precisam atualizar-se para não ficarem obsoletas, em decorrência da globalização,  novas tecnologias e  técnicas inseridas no meio empresarial, e nesse mesmo sentido, seu colaboradores também não podem estagnar-se, e nesse contexto pode surgir a seguinte pergunta: Como um jovem sem experiência profissional pode se destacar e vencer a grande massa de concorrentes para ingressar no mundo do trabalho ?

De fato, não há uma resposta única e absoluta, com medidas certeiras como uma receita de bolo (sem menosprezar o trabalho desses magníficos profissionais que adoçam nossas vidas com suas deliciosas receitas e encantam nossos olhos com suas belíssimas decorações), mas todo profissional iniciante, ou não, precisa possuir e adquirir diversas competências e habilidades, sejam elas técnicas ou comportamentais, mas que são de suma importância para demonstrar sua capacidade e auxilia-lo a encaixar-se no perfil da vaga desejada.

Conquistar uma vaga de emprego não é a única preocupação que se passa na mente desses profissionais menos experientes, mas também, como eles podem permanecer e crescer nesse mercado cada vez mais competitivo e versátil. E como dito anteriormente, não há uma regra, não é nada simples, mas a única certeza que pode-se ter é a de que não há sucesso profissional sem muita dedicação, comprometimento, capacitação, resiliência, interesse, boa comunicação e vontade, proatividade, saber trabalhar em equipe, respeitar hierarquias, entre tantas outras competências e habilidades. E acima de tudo, saber aproveitar todas as oportunidades que surgirem ao longo dessa tão desejada trajetória. 

Sendo assim, algumas dicas podem ser levadas em consideração, tais como:

 

  • Quando for participar de um processo seletivo, busque informações sobre a empresa. O trabalho que ela realiza e sua relevância no ramo de atuação, pois não há nada mais desagradável que um candidato desinformado em um recrutamento. E principalmente, busque saber sobre os valores que a empresa prega e se eles fazem sentido para você e sua vida. Não pense somente no ganho financeiro que este novo emprego lhe trará. Pense no sentido e realização que esse trabalho lhe proporcionará.

  • É normal ficar nervoso ou ansioso ao ser selecionado para participar de uma entrevista de emprego, principalmente se for a sua primeira, mas cuidado para que essas emoções não prejudiquem a sua capacidade de comunicação e interação com o entrevistador. Tente não demonstrar insegurança, mas ao mesmo tempo cuide para não ser arrogante e acabar causando uma má impressão.

  • Seja sincero, não invente qualidades, características ou qualificações em seu currículo ou diga que sabe realizar determinadas atividades. A curto prazo, poderá lhe garantir a vaga de emprego, mas a longo prazo, não lhe fará permanecer na empresa e ainda poderá arrasar a sua credibilidade. 

  • Cuide sua escrita e formatação do currículo. Erros ortográficos podem ser cruciais para sua eliminação. Da mesma forma, a maneira como você interage com o recrutador. Seja formal, use palavras adequadas ao contexto da entrevista e de maneira alguma utilize gírias ou tampouco expressões chulas para descrever/comentar algo durante a seleção.

  • Muitas empresas oferecem capacitações internas. Demonstre interesse em aprender, pois conhecimento nunca é demais, mas lembre-se de colocá-lo em prática e dividir com sua equipe, pois conhecimento sem prática, não gera resultado, nem representa o que você aprendeu de novo ou as ideias que você e seus colegas possam ter para livrar a organização de conflitos e insucessos. 

  • Não espere somente as capacitações que sua empresa pode lhe oferecer, atualmente, a especialização constante se faz necessária, por tanto, sempre que puder realize novos cursos, leia livros, busque se informar através dos noticiários e conhecimentos em geral, isso lhe ajudará a desenvolver um bom trabalho, pensamentos mais críticos e ágeis para solucionar situações distintas e possivelmente você ficará em evidencia durante o processo de recrutamento e após ser contratado perante sua liderança, gerando confiança e credibilidade nas atividades que desenvolver.

  • Lembre-se, não seja egoísta guardando todo novo conhecimento para você, pois nunca se sabe quando irá precisar de ajuda e o que você divide de conhecimento se multiplica e consequentemente retorna a você. Ir longe sozinho é bom, mas em equipe, o crescimento é sempre melhor e mais gratificante.

  • Denote sua versatilidade, as organizações estão cada vez mais dinâmicas e necessitam que seus colaboradores também sejam, tanto na hora de realizar tarefas, como na construção de equipes de trabalhos. Sempre que houver um novo desafio, arrisque-se. Não tenha medo, mas saiba para onde deseja ir. 

  • Além de versátil, seja tolerante, nem todos tem o mesmo ritmo de aprendizado e habilidade de ensinar que você, portanto, respeite os seus limites e daqueles que vierem a trabalhar com você. Respeite a diversidade de personalidades.

  • Tenha atitude, não espere alguém perguntar a sua opinião. Sempre que tiver ideias, sugestões ou até mesmo puder ajudar um parceiro de equipe sem atrapalhar a sua rotina de trabalho, faça. Isso só irá mostrar o quanto sua equipe/empresa pode contar com você e evidenciará a sua habilidade de comunicação e proatividade. 

  • Trace um plano de carreira e o caminho que você deseja percorrer profissionalmente. É importante saber onde você desse chegar, além do cargo que deseja ocupar. Trabalhe com o que você gosta, caso contrário será um martírio acordar todos os dias e ir ao seu trabalho, consequentemente seu rendimento não será satisfatório e poderá lhe causar frustração e ou consequências mais graves como adoecimento psicológico. 

  • Erros fazem parte do processo de aprendizado, mas sempre que errar, assuma suas responsabilidades, não prejudique outras pessoas para livrar-se de punições nem crie situações errôneas de proposito para culpar e desestabilizar algum colega de trabalho. Por isso ouça com atenção aos feedbacks recebidos, eles serão seu maior aliado para mudar o que for necessário, seja nas suas atitudes e/ou sua técnica de trabalho.

  • Trabalhe a sua inteligência emocional, trabalhar sobre pressão e conseguir controlar a suas emoções e a de terceiros, pode lhe salvar de muitas situações embaraçosas, tanto com colegas, quanto com clientes, por isso, lembre-se, o sucesso do seu trabalho depende e muito disso. É através dela que virá boa parte do seu sucesso e da capacidade de liderar outros seres humanos.  

 

Por fim, não espere o futuro chegar para ir em busca da sua melhoria. Não espere a crise pandêmica, econômica e financeira do mundo estabilizar, para ir em busca de novas oportunidades ou conhecimentos, pois sempre haverá algo para lhe fazer desistir ou estagnar. Não se menospreze por possuir menos estudo ou menos experiência. Mas ao mesmo tempo, quando alcançar o sucesso, não esqueça das suas dificuldades iniciais menosprezando aqueles que estão iniciando suas trajetórias ao seu lado.

Busque referencias significativas no seu meio de trabalho, amigos e ou familiares, mas principalmente tente ser uma referência positiva a outras pessoas. Ser lembrado pelo bom trabalho que você realiza é valioso, e pode contribuir para mudar a vida de outras pessoas, e dirá muito mais do profissional que você é, do que o salário que recebe.


 

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade para melhorar sua experiência em nossos sites e personalizar a entrega de conteúdo do seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições.