Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Comece agora a organizar suas finanças para 2021

por Carlos Henrique Mazzini da Rosa - Docente da área de gestão do Senac Uruguaiana

Estamos chegando no final do estranhíssimo 2020, este ano marcado na história onde as relações sociais e profissionais foram modificadas para sempre. Nada mais será como antes nestes aspectos, todos nós tivemos que nos reinventar e, definitivamente, aderirmos ao universo digital. Hoje, já passados oito meses assombrados pela Covid-19, as pessoas já cansadas do isolamento buscam cada vez mais se conectar umas às outras através de plataformas tecnológicas. No entanto, o velho fantasma de todo final de ano não mudou. É preciso organizar os gastos com as festas, presentes, férias e todas as coisas que ano após ano repetimos e que em muitas das vezes fazem com que iniciemos o ano seguinte com um desastre em nossas contas pessoais. A facilidade das compras com cartão de crédito, somada às promoções do Black Friday, por exemplo, e todas as demais promoções de natal, nos levam a uma vontade quase irresistível de consumir. 

O que a maioria das pessoas não percebe é que, quando recebem a primeira parcela do décimo terceiro salário no final de novembro, ela já está totalmente comprometida com contas que vêm sendo postergadas de meses anteriores. Já a segunda parcela é sempre menor que a primeira. Aí começa o problema do descontrole financeiro. Para fazer frente aos gastos que inevitavelmente virão a partir da segunda quinzena de dezembro, os limites dos cartões de crédito são em sua maioria extrapolados. 

Como se não bastasse vem as férias em janeiro ou fevereiro. Para custeá-las, o único valor extra é apenas o um terço constitucional, pois o valor do mês das férias é o salário mensal que serve para o atendimento às despesas fixas, tais como aluguel ou prestação da residência, energia, água e saneamento, internet, as parcelas do cartão de crédito, alimentação e por aí vai. Para piorar ainda mais a situação sempre que se inicia um ano novo temos gastos específicos como IPVA, IPTU e seguros. Ao retornarmos das férias ainda temos que nos preparar para a volta às aulas, e quem tem filhos em idade escolar sabe o quanto custa. Todo este cenário nos faz muitas vezes só nos estabilizarmos financeiramente nos meses de maio ou junho, nos restando pela frente apenas cinco meses de calmaria,  para começarmos novamente todo o caos financeiro.

Em vista deste cenário surge o questionamento: como organizar as contas e começar o 2021 mais tranquilo? Ainda dá tempo? Bem, é preciso tomarmos com urgência algumas medidas agora que estamos no início de novembro:

 

1.Faça um levantamento das contas que tenham juros e, antes de pensar em gastos futuros, quite esses débitos. Se for possível, faça-o a vista ou renegocie em parcelas fixas, que estanquem o temível juro composto;

2.Crie um orçamento para final de ano e para as férias, sempre com a preocupação de priorizar os gastos extremamente necessários. Realize compras programadas, não caia na tentação de consumir sem que esteja planejado no seu orçamento;

3.Crie um orçamento para o ano de 2021, contemplando todas as contas fixas mensais, verificando qual o percentual de seus rendimentos fica comprometido com as mesmas. Monte uma lista bem completa de todos os gastos, incluindo: parcelas de cartões, prestação de veículos e de moradia ou aluguéis, mensalidades escolares, água, energia, gás, internet, alimentação, combustível ou transporte público etc;

4.Após este orçamento, determine um percentual mensal de seus rendimentos ou, se preferir, um valor fixo para criar uma reserva para férias, depositando em uma conta de poupança;

5.Crie também uma reserva para emergências utilizando o mesmo critério descrito acima;

6.Reserve uma parte para investir em conhecimento, cursos e capacitações;

7.Crie um plano de investimento, elencando as prioridades a investir, obviamente estou falando de bens de maior valor, tais como veículos, imóveis, e até mesmo eletrodomésticos de grande valor. Sempre que possível, compre-os a vista, evitando ao máximo o endividamento e tendo sempre em mente que o juro composto é o maior inimigo das finanças pessoais.


Acredito que você neste momento deve estar assustado. Eu sei que é muita informação e talvez você possa estar pensando coisas do tipo “não gosto de matemática”, “odeio números”, “como vou fazer isso?” e por aí vai. Bom, para tomar as medidas aqui propostas não precisa ser expert em finanças, basta começar e ir listando tudo, seja em um caderno mesmo em uma planilha eletrônica, como no Excel. Também existem vários softwares de controles financeiros que podem ser obtidos pela internet. Seja de forma manual ou eletrônica o importante é ter em mente que o papel aceita tudo e para obter resultado satisfatório é preciso antes de mais nada uma mudança de pensamento. 

Você tem que acreditar que o controle de seus números pessoais é de extrema importância, pois o estresse de estar endividado e sentir que por mais que trabalhe sua vida está estagnada é altamente prejudicial para sua qualidade de vida. É necessário uma mudança de comportamento: você tem que valorizar o seu dinheiro, evitar gastos desnecessários, organizar seu cardápio de forma que as compras de mercado não sejam desperdiçadas, organizar seu guarda roupas para que os gastos de vestuário também sejam administrados, evitar acúmulos de roupas e calçados que ficam muito tempo nos armários sem que sequer sejam lembrados. 

Coloque limites nos gastos e tenha sempre em mente o que você pode comprar sem comprometer seu orçamento. Atente-se aos pequenos gastos diários e com as facilidades das compras a prazo, ambos podem resultar em somas assustadoras. É necessário desenvolver uma cultura de economizar. Gastar menos abre a possibilidade para que você invista a diferença em algo que realmente importa. Pense nisso!

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade para melhorar sua experiência em nossos sites e personalizar a entrega de conteúdo do seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições.