Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Educação: a base do crescimento das organizações

por Fátima Holanda

Não resta dúvida de que o conhecimento é o grande referencial na economia globalizada e que as organizações têm que se dedicar cada vez mais à aquisição e produção de novas idéias e conceitos para que possam desenvolver os seus seres humanos numa concepção holística e em permanente mutação. Aprender e aprender a aprender devem ser uma rotina impulsionadora da empresa para que ela se supere sempre. De modo geral, as empresas têm dedicado grande importância ao treinamento de seus colaboradores, têm percebido esse impacto na melhoria do desempenho global da organização e vêm transformando as atividades de treinamento em ações sistemáticas e constantes, de tal forma que leve a todos a uma contínua aprendizagem. E essas aprendizagens, por sua vez, não são apenas de habilidades específicas, mas sim, de atitudes favoráveis às mudanças. A empresa que realmente investe na educação, treinamento e desenvolvimento de seu pessoal utiliza o próprio horário de expediente para o treinamento. Dessa forma, a organização realmente demonstra como valoriza o desenvolvimento de seus colaboradores e esse investimento nas pessoas é mais um fator motivador, o qual gera um retorno incalculável para a própria empresa, já que as pessoas estarão mais qualificadas profissionalmente e aplicarão o conhecimento adquirido na própria empresa. Uma outra forma de aprendizagem que é comum em algumas organizações é o sistema de treinamento rodízio com pessoas de departamentos diferentes, ministrando palestras e cursos sobre o funcionamento de suas áreas. Isso permite que as pessoas da organização entendam os procedimentos existentes em outras áreas da empresa, que visualizem todo o processo, para que na empresa exista um pensamento sinérgico, em que todos caminhem numa visão única e com objetivos comuns. Além da aprendizagem, esse intercâmbio facilita um melhor inter-relacionamento entre os colaboradores. Outra forma de estimular a obtenção de conhecimento e o autodesenvolvimento é a criação, na empresa, de uma biblioteca que contenha vários livros, revistas, jornais e vídeos. Esses materiais disponíveis facilitam o aprendizado, geram novas idéias e fornecem subsídios para a melhoria da produtividade. Esta biblioteca pode ser, também, virtual com fácil acesso a todos. As empresas que investem na capacitação e no desenvolvimento de seus colaboradores estão constantemente fomentando, de maneira inteligente, o conhecimento, que se constitui no cerne de evolução, transformação e produtividade das organizações. Algumas empresas, hoje, estão na vanguarda na educação das pessoas que colaboram com a organização. O McDonald, por exemplo, já ministrava cursos para gerentes no próprio restaurante em Chicago, desde o início da empresa. Atualmente, possui a Universidade do Hambúrguer, que se constitui num complexo de aprendizagem com diversos cursos e tecnologia de ponta subsidiando a transmissão do conhecimento. E várias outras empresas também possuem suas Universidades Corporativas. A tarefa de capacitação e desenvolvimento das pessoas deve fazer parte da função de todo o time da organização. A apreensão e a disseminação do conhecimento, ressaltando-se sempre as aplicações práticas, devem ser incorporadas ao cotidiano de todos, qualquer que seja o seu nível hierárquico. E esta deve ser uma atividade contínua e com aferição das habilidades aprendidas de forma a validar todo o processo. É comum que em todo treinamento tenha-se a avaliação de reação, própria para se verificar a qualidade do desempenho do instrutor e do contexto de treinamento e a avaliação de aprendizagem, de forma a avaliar o quanto do treinamento ficou retido na mente dos participantes. Porém, a avaliação de mudança de comportamento e de obtenção de resultados são pouco realizadas, mas de vital importância para a organização. A velocidade do conhecimento hoje é ilimitada e se torna cada vez mais difícil para pessoa da organização, isoladamente, acompanhar tantas variáveis que se interconectam na Era da Informação. Dessa forma, todos na organização têm que estar voltados para a apreensão de novas idéias, conceitos e debater a sua aplicação no presente e futuro da empresa. A empresa que capta, produz e dissemina conhecimento está permanentemente valorizando os seus seres humanos, motivando-os e desenvolvendo a inteligência corporativa na busca de melhores resultados, o que em última análise reverte-se no crescimento de toda a - e todos na - organização.

Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Melhores em Gestão 2018