Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Confort Food: os sentidos humanos do consumo

por Monica Colle - Docente do Senac Passo Fundo

O marketing vem evoluindo ao longo do tempo e, para conquistar e fidelizar seus clientes, busca, cada vez mais, conhecer seu público consumidor. E uma das formas utilizadas, que tem surtido um efeito muito positivo, é o chamado “marketing emocional”, que tem como intuito cativar, emocionar, trazer lembranças e memórias marcantes e também motivar as pessoas a se engajar em campanhas e causas sociais.

Um bom exemplo disso, são as campanhas de doação de órgãos, adoção de animais, conscientização no trânsito, uso de drogas, direitos humanos, agressão contra mulheres, entre outros. Muitas campanhas publicitárias estão adotando essa forma de publicidade para seus produtos, utilizando de datas comemorativas como pretexto para emocionar seu público alvo, como dia das mães, dia dos pais, natal, páscoa, etc. E essa forma de marketing não fica apenas para propagandas em meios de comunicação. Muitas empresas investem pesado no “marketing emocional” visando a memorização da marca, fazendo com as pessoas a relacionem com algo que para elas, é importante ou marcante.

E assim, percebeu-se a importância do aroma na conquista do consumidor, e muitos tem apostado no “marketing olfativo” como uma maneira de atrair seus clientes. Algumas empresas têm desenvolvido aromas característicos para a marca e ou para o produto, fazendo com que as pessoas, ao sentir o cheiro, relacione diretamente a marca ou, em ver a marca em algum anuncio publicitário, remeta diretamente ao cheiro. Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de Rockefeller, os aromas dos produtos são responsáveis por 38% das compras por impulso, pois há fragrâncias que podem no remeter memórias de momentos e épocas marcantes da vida, ou até mesmo, recordações de pessoas especiais.

Ainda, segundo esta pesquisa, o homem tem capacidade de memorizar dez mil aromas, ou seja, 35% dos cheiros que sente, e apenas 5% das coisas que vê. E isso faz com que o cliente acabe criando um vinculo emocional com a marca e proporcionando uma identidade à mesma. Uma fragrância desenvolvida para alguma marca ou produto, pode aumentar cerca de 15% da probabilidade de compra do consumidor, e até 16% da permanência do consumidor no estabelecimento de venda. Seguindo a mesma tendência do “marketing emocional” e do “marketing olfativo”, surgiu um novo conceito na área da gastronomia, o “confort food”, e tem se tornando uma tendência em alimentação moderna e saudável.

Trata-se de estabelecimentos que oferecem pratos que remetem á comida da mãe, a comida da vó, à momentos vividos na infância, enfim, às coisas simples da vida. É usado o termo “confort food” pois o cheiro da comida trás conforto, bem estar e lembranças, é a comida que mexe com a memória. É cada vez mais notável que a alimentação deixou de ser uma apenas uma necessidade e passou a ser uma experiência, onde as pessoas buscam por sensações diferentes, o comum e o convencional já não é mais um atrativo.

E essa tendência surge em contrapartida à mecanização das produções de alimentos, e busca comidas mais naturais, com ingredientes frescos e saudáveis, como temperos e alimentos da estação. A intensão de remeter às sensações e trazer experiências, não limita-se apenas aos pratos que são servidos, mas no contexto em geral, como o modo em que é feito o atendimento, a localização e decoração do ambiente e os atrativos adicionais do local.

Nesse sentido, o marketing vem utilizando os sentidos humanos para entender seus clientes, e buscar novas formas de conquistar e fidelizar. E isso acaba agregando valor à marca, o que sempre foi um grande desafio para as empresas. Ou seja, as empresas entenderam que é preciso aliar os componentes racionais com componentes emocionais para cativar seus clientes, pois a emoção desempenha um importante papel na motivação e no comportamento fiel dos consumidores a longo prazo. 

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Melhores em Gestão 2018